Ansiedade: razão para o excesso de peso?

Por


Postado em 14 de November de 2016


ansiedadeOlá pessoal, tudo bem?

Percebo que a maior parte das pessoas (inclusive eu), que estão na jornada do emagrecimento, sentem-se angustiadas, frustradas por fazerem dietas e exercícios, sem resultados imediatos. Ou até demonstramos nossa dificuldade de não conseguirmos ficar longe dos doces e dos alimentos ditos como “não saudáveis”, que atrapalham nosso bem-estar e retardam ainda mais nosso processo.

Quando entramos nessa situação, muitas vezes abandonamos as boas práticas (realmente “chutamos o balde”) e buscamos os atalhos. Procuramos as pílulas miraculosas, a cirurgia bariátrica (que é válida naqueles casos que já conversamos aqui), chás mágicos, dietas semanais e etc.

Na verdade, vejo e percebo, fazendo uma autoanálise, que o que está por trás deste desespero todo é a ansiedade. Afinal, vivemos ansiosos!!!

A ansiedade e o stress andam de mãos dadas. As pessoas estão ficando estressadas por não atingirem seus objetivos de vida (no tempo que estabeleceram) e aí perdem o foco, ficam nervosas e finalmente perdem a razão. Para mim, a ansiedade e o estresse podem ser considerados um dos grandes males do século (ou até do milênio).

Pensando assim, a ansiedade é o grande porquê de as pessoas não conseguirem criar uma disciplina de exercícios ou de alimentação ou de serem pacientes na obtenção de resultados. Resolver isto passa por trabalhar a mente. Parece fácil, né?! Mas não é, sei disto.  Costumamos relacionar bem-estar com o corpo, mas a mente é o grande “mestre” do corpo. Somos o que nossa mente nos permite ser. Sob stress e/ou ansiedade a mente fica perdida e nos libera para fazermos “absurdos” ou atentarmos contra nossos objetivos.

Acho que deveríamos observar com mais atenção as práticas de Yoga, Meditação e Pilates como caminhos para o equilíbrio do corpo.  Nenhuma das práticas vai deixar a gente ofegante. Não são atividades de impacto ou treinamentos pesados como o HIIT ou o Crossfit. Mas são atividades que nos colocam em equilíbrio e diminuem nossa ansiedade.

A Yoga, a Meditação e o Pilates nos ensinam a aumentar nosso equilíbrio emocional (acredite, até a consciência corporal passa por esse equilíbrio).  Na verdade, a Yoga começa quando termina o Pilates. Isto não é uma definição, mas uma impressão que desenvolvi. O Pilates corrige a nossa postura e atua com técnicas para aumentar a nossa flexibilidade. A Yoga nos provoca a assumir posições de relaxamento, quando não é mais a força ou flexibilidade que nos permitem chegar lá (sei que elas ajudam muito nas posições), mas sim o poder da mente e da concentração.

E a meditação, que é o exercício diário que comecei há pouco tempo (para driblar minhas tempestuosas sinapses :P) , são os 15 minutos de mente “vazia”, minutos de total entrega ao “branco”, “negro” e ao nada.  De fato, após todas essas técnicas parece que nossa mente está mais limpa. O nosso coração bate mais pausadamente. Estamos mais preparados para batalhar pela nossa sobrevivência diária.

Tenho descoberto que quanto mais calma estou, mais equilibradas e racionais são as decisões que tomo, inclusive aquelas relacionadas a manter a disciplina para emagrecer ou ter uma vida mais saudável.

Calma para todos! É isso que desejo para que percorramos a jornada de vida saudável. Respiremos fundo. Várias vezes. Emagrecer ou ter uma vida saudável é uma meta de bem viver. Não pode nos deixar loucos.

 

Equilibre-se. Moovup-se.