Eu corro para…

Por


Postado em 10 de May de 2016


jogging couple warming up and stretching before runningOlá pessoal tudo bem?

Para começar vocês devem ter achado super estranho o título do texto de hoje, não é?! Deixe-me explicar: estava num almoço de família e aquele tio suuuuper gente boa me fez esse questionamento. O mesmo tio que há três anos me perguntou: “ Você corre 5 km em 40 minutos? Está ruim, né?! “ .

Não fiquem indignados, não respondi em nenhuma das vezes, porém fiquei pensando nos motivos que me fizeram começar (e continuar correndo). Olha, não sou uma corredora expert, e muito menos uma Papaléguas das pistas, mas corro…corro e amo correr.

Tudo começou quando eu era novinha e ia caminhar com minha mãe entre as quadras de Brasília. O início era bem legal, conversávamos lindamente mas, na volta, eu era inundada por um cansaço terrível daquele ritmo e resolvi começar a correr para chegar logo em casa. Motivo 1: Chegar logo em casa.

Depois de um tempo fui pegando gosto e comecei a correr para sair de casa. Motivo 2: Sair de casa.

Tive uns problemas emocionais e engordei 10 quilos em 1 mês (pesado para nossa autoestima , né?!) e comecei a correr para emagrecer. Motivo 3: emagrecer

Em 2013 eu estava estudando para concurso, super estressada, e nos momentos livres ia par ao parque correr. Motivo 4: desestressar.

E hoje percebo que não estou correndo por nenhum dos itens citados anteriormente. Incrível, como uma atividade pode ter infinitas motivações. Penso que correr é como nossa vida, cada dia acordamos com uma força diferente que nos faz seguir. O importante é não deixar essa chama se apagar. Óbvio que vários dias tive preguiça e não fui correr, mas na maior parte dos dias eu ia com preguiça mesmo, e por esse Motivo: a preguiça.

O importante mesmo é você definir as metas da sua vida e segui-las com ou sem motivo. Se minha meta é correr, irei fazê-la com um lindo e louvável motivo ou simplesmente porque sim.

Viva saudável. Moovupse.