Lei para qualidade de vida?

Por


Postado em 12 de October de 2016


laboralOlá pessoal, tudo bem?

Falamos inúmeras vezes sobre qualidade de vida, alimentação, saúde e bem-estar, não é ?! Mas e a qualidade de vida no trabalho, será que é possível nos dias atuais?

Desde 2009 temos um decreto (DECRETO Nº 6.957, DE 9 DE SETEMBRO DE 2009) que beneficia as empresas que investem em ações para reduzir os índices de afastamento por doenças e acidentes de trabalho. Com ele, houve uma mudança na tabela de doenças motivadas pelo trabalhador e foram incluídas, diabetes, tuberculose, hipertensão, depressão, dentre outras.

É importante ressaltar que a empresa e o governo se beneficiam financeiramente. A empresa, através descontos de até 50% na alíquota de cálculo do Fator Acidentário de Proteção (FAP). E o governo, por sua vez, tem os gastos com a previdência reduzidos.

Atualmente, as pessoas estão sendo obrigadas a atingir elevados níveis de produtividade, sendo pressionadas pela concorrência, exigência dos clientes, crise financeira e aumento do desemprego. Com esta constante correria, alimentam –se mal, não praticam exercícios e pouco cuidam da mente. Ou seja, depois de um tempo, os sinais se refletem na saúde, ou na falta dela.

Por isso, pessoal, é necessário que as empresas não tenham apenas um plano de ações e sim o execute, pois, ter um funcionário afastado por problemas de saúde reflete no funcionamento e desenvolvimento de diversas atividades rotineiras.

Incentivo a uma boa alimentação, prática de exercícios físicos, alongamento, yoga, mat pilates, descontos em academia, são apenas alguns exemplos de como uma simples ação pode mudar a vida das pessoas e deixar o ambiente laboral mais leve e produtivo.

Para vocês terem uma ideia, uma “simples” ginástica laboral pode reduzir os gastos com afastamentos e serviços médicos, diminuir acidentes e doenças ocupacionais, melhorar a imagem da empresa junto aos colaboradores e sociedade, e claro, promover sensação de bem-estar e disposição para o trabalho.

Ter uma boa saúde precisa fazer parte da nossa vida como um todo, e não em apenas momentos dela. Empresas, não deixem de investir na qualidade de vida de seus trabalhadores! Desejo imensamente que o viver saudável faça parte do nosso cotidiano.

Seja sempre saudável. Viva sempre saudável. Moovup-se.