Podemos ter o fim da obrigatoriedade da educação física no ensino médio?

Por


Postado em 30 de September de 2016


005Muitos de vocês não sabem , mas fui educadora por vários anos e sou simplesmente apaixonada por esta profissão. As notícias das últimas semanas me deixaram bastante pensativa . Sempre fui ( e sou ) a favor por uma reforma na educação, nosso sistema está muito ultrapassado e, para mim, tudo começa com uma boa educação. Porém, um fato particular me surpreendeu, como que um país que saiu da desnutrição, em 2002, e agora possui 52,5% da população adulta com excesso de peso (dados do Ministério da Saúde), pode querer retirar a disciplina Educação Física do ensino médio?
Realmente, não entendi. Há inúmeras pesquisas mostrando os benefícios do esporte para o desenvolvimento cognitivo, pessoal e motor das crianças e adolescentes além de ajudar a combater a obesidade , que hoje é um grande problema. É válida e louvável a atitude de algumas escolas particulares de modificar o cardápio das cantinas retirando as frituras e colocando , dentro do possível, uma alimentação mais saudável. Mas e aí? Será que o Estado acredita que já é o bastante? Logo após essa divulgação de mudança , o Confef ( Conselho Federal de Educação Física) divulgou a seguinte nota :” O Confef considera um contrassenso que no momento em que inúmeras pesquisas apontam o crescimento da obesidade e do sedentarismo infanto-juvenil, e sabendo que a atividade física é a medida mais eficaz para evitar esse mal, o Governo Federal proponha a retirada da Educação Física do Ensino Médio”. 
Vocês perceberam que toda essa mudança foi um mês após o término dos jogos olímpicos?   De quem é a responsabilidade por um país saudável? Quem será culpado por um país de nova geração obesa? Como aumentar nosso quadro de medalhas?

Pensando no “cada um faz a sua parte”, o Moovup cria um ambiente em que pessoas trocam histórias e experiências sobre vida saudável para que se corrija uma comportamento diante dos exercícios , nutrição e equilíbrio corporal.   Estamos dando a nossa contribuição. E você ?

Você pode dar a sua participando deste projeto conosco ou criando o seu pois, aparentemente, o Estado se distancia dos problemas estruturais da sociedade. Bem, isto é uma oportunidade para os empreendedores e brasileiros, que não desistem nunca.

Vamos juntos nesse barco !

Una-se . Moovup-se.