Saúde! Poderá ser esse o maior legado da olimpíada?

Por


Postado em 23 de August de 2016


bem_estarOlá pessoal, tudo bem?

Chegamos ao final da tão esperada Olimpíada que, para mim, foi um evento lindo e surpreendente.  Que venha a Paralimpíada para nos encher ainda mais de orgulho pelo nosso país!

As medalhas do tiro, judô, vôlei, futebol, canoa, barco etc. representam um país que vai além do futebol. Através da Rafaela Silva (Judô) e do Tiago (salto com vara) tivemos a sorte de presenciar o quanto o esporte transforma as pessoas. Ele é a porta de oportunidades, e por meio dele, podemos ser o que quisermos!!!

Agora, cá para nós, um Brasil que amplia as ciclovias nas cidades, não poderia disputar melhor boas posições no ciclismo? Um Brasil que tem mais de 4 milhões de corredores de rua, não poderia brigar melhor pela corrida de 10 mil metros ou a maratona? Um Brasil que viu a maioria dos seus medalhistas serem apoiados pelas forças armadas, não pode estimular suas crianças, adolescentes e adultos a serem desportistas? Não digo que fomos ruins, e sei da imensa dedicação de cada atleta, questiono apenas o porquê deste incentivo ser algo tão difícil. Parece que “caímos na real” apenas nestes grandes eventos desportivos, ou seja, de 4 em quatro anos!

E se fossem criados pequenos eventos anuais, com investimento e apoio, tanto do governo quanto da população (nós mesmos), será que não chegaríamos melhores ainda em Tóquio? Será que o quadro de pessoas acima do peso no Brasil (52,5% da população adulta, segundo o Ministério da Saúde), poderia ser diminuído neste panorama?

A emoção que nos trouxe a realização da olimpíada revela um povo que sabe fazer e tem orgulho do que faz. Agora precisamos revelar um povo que sabe se cuidar e ser saudável para nos agigantarmos em Tóquio.

Faltam apenas 4 anos para Tóquio. Façamos diferente! Pensemos diferente!

Pense fora da caixa. Moovup-se.