Sendo feliz sem efeito sanfona

Por


Postado em 17 de June de 2016


Sendo feliz sem efeito sanfonaOi galera, tudo bem?
Estava pensando aqui como é difícil começar uma dieta. Quando eu comecei nesta vida saudável tinha (e claro que ainda tenho) tantas dúvidas. Acredito que acontece com alguns de vocês, eu queria um resultado mais rápido e então, comecei fazendo uma super dieta restritiva. Gente, eu cortei tudo em minha vida, menos o ar. Não comia mais carboidratos, lácteos, glúten, açúcar… Era uma pessoa mal-humorada e antissocial. E emagreci 7 kg em 1 mês.

Fiquei feliz com meu resultado, mas não consegui manter tamanha restrição no mês seguinte. E sabe o que aconteceu? Engordei 10kg em 1 mês. Acreditem, 10kg!!! Foi muito ruim para minha autoestima, não conseguia ver o que havia dado errado. Conversando com a nutricionista Lara Natacci ela me falou o seguinte: “ A perda de peso, quando é rápida, gera uma perda de massa magra (músculos e água), muitas vezes maior do que a perda de gordura corporal. Na recuperação do peso perdido, quando o indivíduo “larga” a dieta restritiva e passa a se alimentar como antes ou até mais, há o ganho de peso, em sua maioria na forma de gordura. Com o tempo de efeito sanfona, a composição corporal do indivíduo muda, diminuindo as taxas de massa magra e aumentando as taxas de gordura. Como consequências a essa mudança na forma corporal, há uma diminuição do gasto energético do organismo (porque o músculo gasta mais energia que a gordura), e esse acúmulo de gordura corporal pode ainda deixar o indivíduo mais propenso a desenvolver doenças crônicas, como problemas cardiovasculares, diabetes e hipertensão, sobretudo se o acúmulo maior de gordura for maior na região abdominal. ”

Depois de um tempo, comecei a ver que não deveria ter me isolado tanto, e ter feito os “cortes” tão radicalmente. Hoje vejo que uma reeducação alimentar, para mim, é mais eficiente do que uma dieta. E aliar meus amigos ao meu novo estilo de vida, é extremamente importante. Minha frase ultimamente tem sido: tem mais gente como a gente. Engraçado que é exatamente assim que me sinto, cada vez que consigo olhar mais para o lado, vejo que existem pessoas com pensamento e estilo de vida parecidos com o meu, e juntos podemos unir conhecimentos, dicas e estilo de vida saudável. Cada um à sua maneira, simplesmente compartilhando, somando e não impondo.

Subindo um degrau de cada vez, mude-se, moovup-se.